REGRAS DA APOSENTADORIA PELO INSS MUDARAM!

Regras da aposentadoria pelo INSS mudam a partir de 31 de dezembro de 2018

Fique atento as mudanças para solicitação da aposentadoria em 2019

Os interessados em se aposentar por tempo de contribuição em 2019 devem ficar atenção para a primeira mudança de faixa aprovada na chamada minirreforma da previdência. A regra da fórmula 85/95 passará para 86/96.

No Brasil o direito a aposentadoria tem duas exigências básicas A primeira exigência é que o trabalhador contribua por 35 anos com o INSS, no caso dos homens, e 30 anos, no caso das mulheres. A outra é a idade as mulheres 50 anos e os homens 55 para recebimento integral da aposentadoria.

Cumprindo esses dois requisitos o trabalhador passa a ter direito a aposentadoria integral. Ou seja, receber o beneficio com base na contribuição paga.

Novos piso e teto.

Em 2018 o piso previdenciário do INSS foi de R$ 954,00 e o teto R$ R$ 5.645,80. A expectativa é que em 2019 o teto deva ser R$ 5.883. Já o piso que é o salário mínimo deve ser de R$ R$ 1.002,00.

Esse sistema será gradualmente aumentado até 2026, quando as mulheres terão de atingir 90 pontos e os homens, 100. A primeira mudança acontece em 31 de dezembro deste ano, quando passa a valer a fórmula 86/96. Ou seja, a partir de 2019, uma mulher de 55 anos de idade precisa contribuir por 31 anos para ter direito ao benefício integral.

O trabalhador que consegue comprovar até cinco anos a mais de contribuição ao INSS pode aumentar o valor da renda mensal na aposentadoria.

Beneficio social.

Os cidadãos que não contribuirão para previdência social devem solicitar o benefício da Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS), através do qual é pago um salário mínimo para amparar pessoas sem condições financeiras que não têm direito aos benefícios da Previdência Social.Para o idoso: idade igual ou superior a 65 anos, para homem ou mulher.

Casos de aposentadoria :

Regra 1. Cidadão que já possui tempo mínimo de contribuição exigido, conforme as regras abaixo:
Existem três regras para esse tipo de benefício:
Regra 1: 85/95 progressiva
Não há idade mínima
Para a concessão da aposentadoria integral a soma da idade e o tempo de contribuição do cidadão deverá atingir a quantidade de pontos exigidos:
Para homem: 95 pontos, sendo no mínimo 35 anos de contribuição + idade.
Para mulher: 85 pontos, sendo no mínimo 30 anos de contribuição + soma idade.
Atenção! A partir de 31 de dezembro de 2018 o total de pontos será progressivo até 2026. A cada dois anos, será acrescido um ponto, até a soma de 90 pontos para mulheres e 100 pontos para homens.

Pessoa com tempo mínimo de 180 meses efetivamente trabalhados
A aplicação do fator previdenciário para o cálculo desse benefício é opcional.

Voltar

 

Praça Adolfo Veiga, 30 - Centro - CEP: 94410-405 - Viamão/RS

Fones: 51 3054.0500 | 51 995716280